No passado sábado, dia 19 de agosto a A FNAJ – Federação Nacional das Associações Juvenis, apresentou publicamente o “Manifesto Autárquico – Uma proposta do movimento associativo juvenil” que contou com a presença e o apoio do Senhor Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

Este documento pioneiro é um contributo fundamental da FNAJ, enquanto representante do movimento associativo juvenil de base local e da Juventude, para o desenvolvimento e promoção de políticas locais de Juventude. O Manifesto, que resulta diretamente de uma auscultação aos jovens e às suas associações, tem o propósito de se constituir como um referencial estratégico autárquico numa multiplicidade de áreas da governação que afetam a vida dos jovens, nomeadamente no que respeita a políticas locais de Juventude, emprego e qualificação, educação, habitação, mobilidade, igualdade de oportunidades e não discriminação, saúde e sexualidade, cultura e desporto e ambiente.

Com objetivos claros na promoção da emancipação jovem, no aumento da participação cívica, da inclusão e do combate às desigualdades na área da Juventude, o Manifesto da FNAJ desafia as autarquias a serem melhores e maiores parceiros da Juventude, envolvendo para o efeito os jovens nos processos de decisão e de responsabilidade cidadã. No atual quadro de cedências de competências do poder central para as autarquias, conferindo-lhes maior autonomia, urge potenciar as politicas locais de Juventude, indo ao encontro das reais necessidades, aspirações e interesses dos jovens portugueses.

O lançamento do Manifesto contou ainda com a presença de vários dirigentes associativos de todo o país, federações regionais e distritais de associações juvenis, Deputados da Assembleia da República, candidatos às Autárquicas 2017, Conselho Diretivo e Regional do IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude e cooperativa Movijovem.

Podes consultar o Manifesto Autárquico aqui.