Bonina foi o nome dado pela proprietária do café Adriana Assunção, seu nome veio de uma inspiração de uma margarida selvagem com o nome de bonina.

Bonina foi o nome escolhido pela proprietária do café, Adriana Assunção, que se inspirou numa margarida selvagem com este mesmo nome, bonina. O café esta localizado no primeiro piso do edifício da Federação das Associações Juvenis do Porto e é aqui que são preparados todos os doces e refeições leves com frutas e legumes da época, que tanto podem vir do quintal da avó ou do mercado de São João da Madeira. Adriana Assunção decidiu aos 32 anos deixar o design de multimédia e fez um curso na Escola de Hotelaria do Porto, até conseguir dar vida ao seu café. Até ter o seu próprio espaço, a Adriana passou por várias cozinhas da cidade, tal como a do “Época”, sempre ligada à alimentação vegetariana. Todos os dias há um bolo à fatia, uma variedade de muffins e duas de bolachas, sempre com sugestões veganas. Além dos doces, ao almoço também há um snack, que muda todas as semanas e faz parte de um menu (4,50€) que inclui sopa e uma infusão.
Podem deliciar-se também com o café de especialidade da Vernazza, cerveja artesanal da OPO74, infusões, sumos naturais e kombucha «bebida probiótica feita a partir da fermentação do chá verde ou preto, a que depois se junta algum sabor, como a flor de sabugueiro por exemplo».
O Bonina é um espaço diferente, mas que sabe a Casa. Venham visitar-nos!

 

Redes Sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/cafebonina/

Instagram: @cafebonina