De acordo com a Portaria nº 345/2006 de 11 de abril, artigo nº 8, que regulamenta os CTI (Campos de Trabalho Internacionais) e autorização superior do Conselho Diretivo do IPDJ, decorre até 31 de dezembro de 2016 o período para a apresentação de propostas de campos de trabalho internacionais por organizações promotoras.

Os Campos de Trabalho Internacionais (CTI) visam promover a mobilidade e o intercâmbio de jovens através de atividades que incentivem a troca de experiências e o conhecimento de novas realidades sócio-culturais, facilitando o relacionamento de jovens portugueses com jovens de outros países dentro ou fora do território nacional, capazes de dar respostas formativas, obtidas através de processos educativos não formais, designadamente interculturais.

Para o ano de 2017 mantêm-se:

· o apoio financeiro de 21,50 € por dia e participante assim como o valor da taxa de inscrição e de caução de 25,00 €;
· o máximo de 17 voluntários e uma duração máxima de 12 dias;
· o limite de financiamento de 2 candidaturas por entidade;
· a reordenação da lista definitiva que garanta uma maior diversidade de entidades promotoras de CTI (ver portal da juventude – candidaturas de entidades).

A informação sobre as candidaturas das entidades promotoras de CTI  encontra-se atualizada no Portal da Juventude (áreas da candidaturas de entidades) e o formulário de candidatura, ficha informativa e declaração de competência compromisso e termo de responsabilidade, a serem utilizados este ano pelas entidades promotoras, encontram-se igualmente disponíveis no Portal da juventude. Encontra-se igualmente disponível no Portal e na mesma secção a grelha de avaliação de candidaturas para 2017.