Está patente na Casa das Associações a exposição “Não engolimos sapos” promovida pelo Movimento SOS Racismo.

Este projeto surgiu da necessidade de abolir a prática de colocar um sapo no comércio local com o propósito de excluir a comunidade cigana, sendo um modo de discriminação e preconceito.  Deste modo, o projeto visitou estabelecimentos comerciais e divulgou o projeto e as vantagens de ter um estabelecimento inclusivo, propondo a troca do sapo de louça por materiais: o momento da troca positiva foi registado em fotografias algumas das quais presentes nesta exposição.

Com este projeto pretende-se trocar ideias e  alertar para esta forma de racismo que é quase sempre subtil e raramente questionada. Após ter passado por vários pontos do país,  recebemos agora este projeto inspirador no Espaço Associ’Arte.