O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) promoveu mais uma edição da realização do prémio Boas Práticas – Associativismo Juvenil – que visa destingir, em cada região, uma associação inscrita e efetiva no RNAJ, que pela sua atividade e características apresentasse um projeto de relevo nos diferentes campos:

  •  impacto na(s) comunidade(s);
  • dimensão de internacionalização;
  • caraterísticas de atuação;
  • qualidade e inovação;
  • consistência e capacidade de expressão enquanto escolas de cidadania ativa e de participação cívica e democrática dos jovens.

Do norte ao sul dos pais, foram várias as associações candidatas, e do processo de seleção das candidaturas, o júri concurso de cada região apurou como vencedoras as seguintes associações juvenis, com os respetivos projetos:

NORTE
Associação: Associação Desportiva e Cultural dos Jovens de Longos Vales
Distrito: Viana do Castelo
Projeto: Projeto Arqueológico do Castro de São Caetano

CENTRO
Associação: Fazer Avançar – Associação
Distrito: Leiria
Projeto: projeto SPEAK – aprender novas línguas e culturas

LISBOA E VALE DO TEJO
Associação: Associação Cultural e Juvenil Batoto Yetu Portugal
Distrito: Lisboa
Projeto: Fado Dançado

ALENTEJO
Associação: SUÃO – Associação para o Desenvolvimento Comunitário
Distrito: Évora
Projeto: Gabinete do Desenrascanço Estudantil

ALGARVE
Associação: Sê mais sê melhor – Associação para a Promoção do Potencial Humano
Distrito: Faro
Projeto: Abordando Cenas e Coisas

A FAJDP não podia deixar de congratular todos os participantes, em especial a Associação Desportiva e Cultural dos Jovens de Longos Vales, que venceu o prémio da região norte, com o projecto Arqueológico de Longos Vales. Este resultado é um feito de grande importância para o associativismo da região norte, e deve ser visto como motivo de orgulho e exemplo por todos nós.